banner biocinetica cursos

.

Mapear o corpo, se transformar em um boneco virtual e com isso prevenir lesões, identificar a causa de dores, melhorar o condicionamento nos treinos e a execução de atividades do cotidiano é para todos, para o bem estar, para a vida.

Com certeza. Por mais que avaliações qualitativas possam gerar informações valiosas, quando usamos aparelhos de alta tecnologia, como os que temos na Biocinética, conseguimos QUANTIFICAR o quão alterado está o padrão de corrida e afirmar a causa específica (fraquezas ou encurtamentos específicos).

Ontem nosso diretor técnico, Gustavo Leporace, deu uma entrevista no programa Fantástico, da rede globo, falando sobre o vídeo do menino Arat, um iraniano que é estimulado pelos pais a treinar excessivamente por ter um talento esportivo precoce.

A tendência mundial na área de saúde é buscar análises funcionais para auxiliar as decisões terapêuticas, assim como os exames cardiovasculares de esforço ou com imagens tridimensionais tem-se difundido mundialmente como fortes aliados para a prevenção de intercorrências cardíacas.

Nos últimos anos, a corrida de rua cresceu a ponto de se tornar o segundo esporte mais praticado do pais, ficando apenas atrás do futebol.

Nos últimos anos, a corrida de rua se tornou mais que um esporte, tornou-se um estilo de vida. Com uma população estinada de quatro milhões de corredores, o Brasil aparece como o segundo maior mercado mundial em número de participantes.

Quando se trata da prática da corrida um dos assuntos mais abordados é a economia da corrida. Mas o que é essa “economia”? A melhor definição a respeito desse tema que encontrei na literatura foi: “Uma interação entre fatores fisiológicos e biomecânicos que são tipicamente definidos como o custo energético para corrida em uma determinada velocidade submáxima e expressa como um valor de consumo submáximo de oxigênio."

Nos últimos anos, recebemos uma enxurrada de informações sobre qual deveria ser o “padrão ouro” de mecânica da corrida, muita destas informações são fomentadas pela indústria de calçados.

Poucas cidades no mundo oferecem tantas opções de terreno para treinos de corrida como o Rio. Areia, asfalto e montanha agradam a gregos e troianos. E, em cada um dos pisos, o atleta pode se expor à diferentes tipos de lesão.

Página 1 de 2

Depoimentos

  • Paulo da Silva

    A equipe da biocinética me foi muito importante na recuperação de uma lesão de ligamento que tive ao jogar futebol. Se não fosse pelo profissionalismo deste pessoal, não sei nem se teria voltado a praticar o esporte!  Saiba Mais
  • Margareth dos Santos

    A ajuda que o pessoal da Biocinética me deu, em termos de melhoria na qualidade do meu treino, fez toda a diferença no meu desenvolvimento como atleta. Recomendo a todos que estão em busca de uma equipe séria e comprometida com a qualidade física do cliente! Saiba Mais
  • 1
  • 2